sexta-feira, 30 de março de 2007

Porque é que ele não emigra?

José Pinto-Coelho (JPC) e o seu PNR não querem imigrantes em Portugal. E para que se conste, colocaram um outdoor num “sítio nevrálgico de Lisboa” com a frase bem escarrapachada: “Basta de imigração”. Para dar mais cor ao cartaz, é exibida a imagem de JPC, himself. Que por ironia, até tem cara de ucraniano.
...
Ok. Repatriemos todos os imigrantes. E, já agora, que a França de Le Pen (a grande referência de JPC) faça o mesmo. E o Luxemburgo, e a Alemanha, e a Suiça… Que toda a gente regresse ao país de origem. Que todos os milhares de emigrantes portugueses que trabalham nestes (e noutros) países retornem à pátria. Presumo que JPC não pense que seja um problema. O que propõe ele que se faça a toda essa lusa gente? Passou isto pela sua nacional cabecinha? Indagar-se-á se terão uma boa viagem de regresso? Poderão os portugueses com carta de condução francesa conduzir em Portugal?
...
Mas não seria este fenómeno um novo tipo de imigração? Um outro flagelo? Bom, restam sempre as câmaras de gás…